domingo, fevereiro 10

Tenho Para Ti...

Tenho para ti o calor,
Das minhas manhãs ensolaradas
Sim…a minha aurora
Teu olhar
Adornado de alvorada
Minha eterna amada.
A pureza do coração
A chave da nossa paixão
Desperta
A nossa canção
Pois se escreve com sorrisos
Nesta eterna união.
Tenho para ti os meus versos
A fragrância da flor silvestre
Na brisa dos ventos
Mar e poesia dos tempos
Essa força do desejo
Que desliza pelo teu corpo
Para iluminar por dentro
Um suspiro de um…AMO-TE.
No toque de uns lábios
Beijos…sim
Do etéreo e abrigo
Tenho para ti a felicidade
O prazer de viver contigo.

1 Comments:

Blogger su said...

Tenho para ti um mundo inteiro vazio dos outros
Em que as mãos que te tocam nascem do meu coração
E os dedos que te moldam fazem de ti corpo do meu Amor
Tenho para ti a resposta eco
Com alma de gente
Gritando por entre cada letra,
Com voz rouca e quente,
A saudade da tua presença nas linhas em que me deito
Como escrita demorada e eterna
Em pele quente e transpirada
No contacto com o teu corpo.
Tenho para ti a minha alma
Nos interstícios da eternidade
Sem a vender ou trocar
Pois que é tua e minha, ao mesmo tempo,
Enquanto o Tempo for tempo
De a deixar namorar com a tua.
Tenho para ti a minha vida
À beira da tua.
Um beijo infinito...dos nossos.

14:10  

Enviar um comentário

<< Home