terça-feira, novembro 6

Lua


Amo-te em todas as épocas de lua.
Amo-te com todos os prazeres.
Leva-me a essa lua que é de puro e eterno amor.

Lua Nova,
Permanece entre o teu coração e o meu.
És o meu astro invisível em todas as noites,
Para sentir a tua respiração no meu peito,
Para voar na imensidão do que é teu.

Quarto Crescente
A tua alma e a minha formam um ângulo recto,
E que todo o mundo saiba,
Que este amor é perfeito.
Acolhe de braços abertos os raios de sol,
Que nascem do meu coração,
Para te aquecer e iluminar mesmo na noite mais sombria.

Lua Cheia
A tua aura entre o sol e a lua
Brilha no céu da nossa cama
Que me acolhe todas as noites
Entre lençóis do teu aroma.

Quarto Minguante
Em todas as noites com um céu de nuvens,
Que formam figuras andantes,
És o meu todo, o meu planeta, o meu eixo de rotação,
O zénite que aponta para a eternidade.
Beija-me com paixão, como sempre o fazes,
Amamo-nos na lua, debaixo das suas fases.

Estás junto a mim, com lua ou sem ela,
Onde preenches meus sonhos,
E todas as noites adormeço ao lado de uma estrela.

4 Comments:

Blogger su said...

Todas as fases da LUA
Em todas as fases em que te olho
Em todos os momentos em que te descubro
Em todas as noites em que és as estrelas
Em todas as vezes que desenhas constelações
Em todo o espaço do meu coração

Leio-te a vida nas palmas das mãos
Sou a tua vida dentro do teu próprio coração
Recolho-me em ti como o abraço que naufraga no Inverno
Deserto de chegar à sua casa.

Todas as fases são de uma eterna novidade
Reconquistada ao prazer de te roubar ao Tempo.
Trago-te dentro de mim como o mais verdadeiro e terno sopro de vida...

22:16  
Anonymous Anónimo said...

como são mentirosos aqueles que dizem que se amam!
como se iludem os que se acham apaixonados!

02:07  
Blogger su said...

como são cobardes e maus perdedores aqueles que não se identificam!

00:01  
Blogger Arya Bodhisattva said...

boas entradas, amigo!
=D*

02:00  

Enviar um comentário

<< Home